__________________________________Direitos autorais: Autorizada reprodução dos textos, desde que citada a fonte.

24 de dez de 2011

Não me veja tão real.


Queira-me hoje e não para sempre.
Para sempre é muito e eu não quero parar no tempo.
 
Aut. Loyanne Freire
.

14 de nov de 2011

A sociedade,

(...) as pessoas e a vida não têm que exigir nada da gente. Cada um se veste e se porta como quer. Cada um fala e age como quer, desde que respeite o outro. Desde que não se traia. Desde que não esqueça seus princípios. O que você faz é problema seu. Mesmo porque a gente nunca deve esquecer que tudo tem uma conseqüência. Mas não é uma revista, uma novela, sua mãe, a igreja, o centro espírita, seu marido, suas amigas ou o dono do bar que você freqüenta que vão dizer a forma como você tem que viver. Em outras palavras: se cada um cuidasse do seu rabo e não se importasse em criticar tanto a vida do outro o mundo seria um lugar muito melhor para viver.


9 de nov de 2011

E o vento vai levando tudo embora...


(...)
Dos nossos planos é que tenho mais saudade.
Quando olhávamos juntos
Na mesma direção.
Aonde está você agora,
Alem de aqui dentro de mim...

Renato Russo
.

8 de nov de 2011

Talvez tudo ocorreu exatamente como tinha de ter sido.


Uma fotografia guardada, um bilhete esquecido, o clima do tempo, um cheiro, uma música, um lugar...
Traz-nos lembranças do passado, um passado às vezes esquecido...
Milhares de coisas já vividas, anos, meses, dias, que nos vem em frações de segundos como se o tempo tivesse parado em diversos momentos de nossas vidas.
Às vezes me pego rindo ou chorando sozinha e isso é bom independente da lembrança ser boa ou ruim, pois mostra que estou viva, crescendo e aprendendo com os meus erros e acertos.

...e o que for pra ser, será.
Aut. Loyanne Freire 
.

2 de nov de 2011

Dúvidas devoram, me devoram.


Bom ser “devorada”, mas não por dúvidas...


Mas não gosto de certezas também.
Eu gosto do que está no meio de tudo isso.
Eu gosto do acaso...
Do não planejado, mas sentido.
Do não esperado, mas desejado.


.

15 de out de 2011

_


Qual a melhor forma de sentir calor sem seu corpo quente?
Qual o melhor jeito de falar de amor sem falar da gente?
.

2 de out de 2011

Não quero...


Depender de quem não depende de mim para ser feliz. Nem tentar fazer feliz alguém que me deixa triste. Não quero ter que chorar, tentando convencer alguém sobre quem eu sou. Nem ter que compreender alguém que nem se esforça em me entender. Tô cansada de bater na mesma tecla, de dar murro em ponta de faca. Não quero mais...

. 

21 de set de 2011

Sempre tão perfeito


A sorte pode estar batendo agora mesmo na sua porta,
De braços dados com a felicidade procurando te ver.
Se Deus escreve sempre tão perfeito quando as linhas são tortas,
Não vai ser diferente com você.

Luka
.

19 de set de 2011

A gente só tem a gente.


  No fundo, lá no fundo, essa é a realidade. Qualquer outra interpretação é espera. No outro. Que o outro fale, que o outro perceba, que outro entenda. Não entende. Porque não é a gente. Imagina que entende, mas não enxerga porque os olhos são outros, ainda que da mesma cor.

Aut. Kandy
.

14 de set de 2011

Não é amor...


Ele passeia pelos meus pensamentos, invade meus sonhos, faz parte de meus desejos, mas não é amor. Talvez carência, um encanto, apenas uma atração... Não consigo definir. Mas amor não é!

Não é me enganar, é apenas não querer me iludir.

Aut. Loyanne Freire
.

6 de set de 2011

A pessoa errada


Pensando bem, em tudo o que a gente vê, vivencia, ouve e pensa, não existe uma pessoa certa para gente. Existe uma pessoa, que se você for parar para pensar, é na verdade, a pessoa errada. Porque a pessoa certa faz tudo certinho: chega na hora certa, fala as coisas certas, faz as coisas certas.
Mas nem sempre precisamos das coisas certas. Aí é a hora de procurar a pessoa errada. A pessoa errada te faz perder a cabeça, fazer loucuras, perder a hora, morrer de amor. A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar, que é para na hora que vocês se encontrarem a entrega seja muito mais verdadeira. A pessoa errada é na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa.
Essa pessoa vai te fazer chorar, mas uma hora depois vai estar enxugando suas lagrimas, essa pessoa vai tirar seu sono, mas vai te dar em troca uma inesquecível noite de amor. Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado, mas vai estar toda a vida esperando você.
A pessoa errada tem que aparecer para todo mundo, porque a vida não é certa, nada aqui é certo. O certo mesmo é que temos que viver cada momento, cada segundo amando, sorrindo, chorando, pensando, agindo, querendo e conseguindo. Só assim, é possível chegar aquele momento do dia em que a gente diz: "Graças a Deus, deu tudo certo!", quando na verdade, tudo o que Ele quer, é que a gente encontre a pessoa errada para que as coisas comecem a realmente funcionar direito prá gente.

Nossa missão: Compreender o universo de cada ser humano, respeitar as diferenças, brindar as descobertas, buscar a evolução.

Luis Fernando Veríssimo
.

3 de set de 2011

"Um, dois e… quando me dou conta, já fui, me joguei.


Antes de contar até três disse o que não era para ser dito.

Fiz coisas que não era para ter feito.

Me arrebento rápido, nem dói de tão ligeiro.

Mentira, dói de qualquer jeito"


Martha Medeiros.
.

19 de ago de 2011

Você


  Tava tudo fora do lugar, uma desorganização total, mas era minha vida e tudo eu entendia. Der repente chegou você e fez tudo mudar, como se encaixasse cada peça em seu devido lugar. Você veio pra somar, para me completar...
  Todos os dias eu acordava e ouvia sua voz, sentia seu perfume, olhava para o lado e era você que eu via, me perdia em seus braços e abraços.
  Andava pelas ruas e ninguém me chamava à atenção... Tudo o que precisava se encontrava em você, todos os meus desejos só você era capaz de saciar, realizar...
Ao seu lado aprendi o verdadeiro sentido da palavra amar.

Aut. Loyanne Freire e Rui Pedrosa
.

18 de ago de 2011

E aquele nó na garganta não me sufoca mais.

  Quando arrumei minhas coisas me preparando para ir, meu maior desejo era que segurasse em meu braço e dissesse não vá, mas você nada fez, ficou ali imóvel e por aquela porta eu passei.
  Sai de lá com muito medo e com um aperto no coração. Medo de depois perceber que tudo o que eu te disse foi mentira, de perceber que fui embora ainda te amando e com um aperto no peito por ter certeza de que seu orgulho pudesse falar mais alto e que de mim você não viria atrás.
  Eu precisava fazer tudo isso, precisava me encontrar de novo. Me perdi muito com você, não estava mais me reconhecendo. Fiz de mais por você e nada estava recebendo em troca, não dava mais pra continuar. Pode ser difícil sem você no começo, mas sei que seria mais difícil se continuasse.
  Eu nasci única e inteira e não preciso de algo ou alguém pra me completar. Eu não quero mais ter ou sentir essa dependência. Preciso aprender a viver só, aprender a viver por mim... Ser feliz.
  Na vida é preciso fazer o que se tem vontade, mesmo com medo de errar. Pra ser feliz é preciso acreditar que vai dar tudo certo e confiar em si mesmo.

Aut. Loyanne Freire
.

14 de ago de 2011

Lembranças...


Sentindo aquele mesmo frio, como se o tempo tivesse voltado e tudo estivesse vivendo outra vez, só que agora sem você.

Hoje todas as lembranças me retornam, basta meus olhos eu fechar e tudo parece estar no mesmo lugar, cada detalhe, cada palavra pronunciada... tudo.

Agora sinto sua falta, você parece estar do meu lado, tentando outra vez fazer com que o frio não me toque, não me atinja... me aninhando em seus braços, me aquecendo com seu corpo...

Aut. Loyanne Freire
.

10 de ago de 2011

Sem retoques


Não dá para viver de aparências. Somos o que somos. Sem máscara, sem fingimentos, sem esforço. Mas isso eu só entendi depois de algum tempo. E foi aí que comecei a viver de verdade.

Isso aconteceu quando decidi que ia viver minha vida de modo que quando eu deitasse a cabeça no travesseiro me orgulhasse a cada segundo de erro por erro, acerto por acerto, defeito por defeito, qualidade por qualidade. Sem o menor medo, sem o menor pudor e com o maior respeito não por uma imagem que criei, mas por uma essência que é natural e sem retoques.

E eu sou assim como você vê: sensível ao extremo, dramática até dizer chega, um pouco sem paciência com lerdeza, dona de um humor matinal quase azedo, com um caminhão de defeitos chatos e outros tantos incorrigíveis, mas com uma franqueza no tom da voz e no brilho do olhar. Se você não gosta do meu natural, tudo bem, é direito seu. Não vou me maquiar na tentativa de você gostar de mim.


7 de ago de 2011

Era você,


  a menina dos meus sonhos
Que eu me apaixonei
A menina que as flores
E o cartão eu mandei
Pra anunciar que era amada
Mesmo sem saber
Admirada muito antes de te conhecer
Era você, me perdoe esse tempo
Todo sem falar
Bem antes de te conhecer
Você vivia a vagar
Nos meus porões
Nos pensamentos meus...

Regis Danese 
.

3 de ago de 2011

Cada um no seu quadrado

  Parece um crime a gente querer o diferente. Parece errado a gente querer fazer o que os parentes e amigos mais próximos não fazem. Acho um absurdo a gente ter que dar satisfação de sonhos e projetos que na realidade são só nossos. Existem coisas que são só suas. Existem escolhas que só pertencem a você. E fim de papo. E fim de jogo. E fim de tudo.

  Ninguém tem o direito de te julgar, de colocar o dedo na sua cara e dizer que o jeito que você vive não é legal. Sempre achei que a vida da gente é uma tela branca. Nela, a gente coloca as cores e formas que quiser. E quem não gostar, azar. E quem não gostar, não gostou. 

  Procuro manter perto as pessoas que eu gosto e que realmente querem o melhor para mim. E o melhor para mim nem sempre é o que o outro considera o melhor. O jeito que eu levo a minha vida, a forma como eu encaro os meus dias dizem respeito apenas a mim. E mais ninguém. Quem quiser, que embarque nessa comigo. Quem não quiser, que me respeite. E viva a própria vida da forma que bem entender.


1 de ago de 2011

Hoje eu queria te sentir próximo

Não necessariamente te tocar,
a carência não é pelo toque,
mas pela presença, mesmo que fosse silenciosa.

Mesmo que não houvesse um abraço,
um afago ou um beijo,
sentir a sua proximidade me deixaria menos vazia.

Poder te olhar, mesmo que seus olhos
dos meus se desviassem,
eu saberia entender as respostas às perguntas
que não fiz, apenas por temer a verdade...

Mas ainda assim, hoje eu queria te sentir próximo...

29 de jul de 2011

Garota de olhos tristes


Fechar os olhos se tornou
Um atalho para chegar até você.
Enquanto enxergo sua alegria e tranqüilidade
Eu percebo o que ninguém vê.

Garota de olhos tristes e sorriso aberto,
Não ouse sentir o que não te faz bem.
Que quando você derrama uma singela lagrima...
Inevitável que eu chore também.

Então você aparece e me surpreende.
Como eu devo agir?
Mas no final da noite você vai embora,
E quando você for o que vai ser guardado em mim...

Garota de olhos tristes e sorriso aberto,
Não ouse sentir o que não te faz bem.
Que quando você derrama uma singela lagrima...
Inevitável que eu chore também.

Aut. Jéssica Cardoso
.

27 de jul de 2011

Coisas que eu odeio em você

Odeio o jeito que você fala comigo,
Odeio quando você me ignora,
Odeio quando finge que eu não existo,
Odeio perceber que pra você eu não sou nada,
Odeio mais ainda ter esperanças que um dia isso vai mudar,
Odeio imaginar o que você ta fazendo,
Odeio ficar esperando por você e você não aparecer,
Odeio te olhar e te ver me olhando,
Odeio saber que você sem querer, muda toda a minha vida,
Odeio tanto quando você me faz chorar,
Odeio ficar com raiva e dois minutos depois esquecer,
Odeio não poder te ter por perto,
Odeio sua mania de ser amigo de todas as menininhas,
Odeio as suas promessas não compridas,
Odeio esperar sua ligação e você não me ligar,
Odeio pensar em você a todo instante,
Odeio todos os beijos que não são os seus,
Odeio todos os abraços que não são os seus,
Odeio saber que você pode ser de qualquer uma menos meu,
Odeio não conseguir resistir a você,
Odeio quando você fala que eu sou linda,
Odeio não controlar as batidas do meu coração quando você esta por perto,
Odeio não conseguir levar mais ninguém a serio,
Odeio comparar todos com você e descobrir que você é incomparável,
Odeio quando você me faz chorar, e mais ainda quando você me faz rir,
Odeio pensar em você quando sei que você nem se lembra de mim,
Odeio mais ainda não conseguir te odiar, nem sequer por um momento, nem sequer por um instante. 

Eu odeio te amar!

Aut. Desconhecido
.

26 de jul de 2011

Gosto

de ter com quem compartilhar a vida, as inseguranças, as coisas boas e os problemas cotidianos. Gosto de ter alguém para dar o coração. Gosto de ter alguém que nunca faça com que eu me sinta boba ou burra. Gosto de ter alguém que me respeite. Gosto de emprestar o colo e fazer cafuné. Gosto de levar café na cama. Gosto de dançar junto no meio da sala, com o janelão da sacada aberto e a música invadindo outros apartamentos. Gosto do gosto dele. E do jeito que ele me olha. Gosto do jeito que ele cabe em mim, da forma como eu me encaixo nele.

O que sempre importou (e vai importar) para mim é a lembrança, o cuidado, o carinho, o gesto. O resto é o resto.

24 de jul de 2011

...

John: E porque você não me ligou ao invés de ter mandado uma carta, avisando que ia me deixar, para eu pelo menos tentar te convencer a não fazer isso?

Savannah: Porque só de ouvir a sua voz eu já mudaria de idéia.


Querido John
.

22 de jul de 2011

Vamos nos atrasar...

Por causa da chuva, por causa da preguiça. Sem culpa. Tem um mundo todo de gente lá fora que pouco importa. O carro bem poderia ter quebrado, ninguém vai saber se a gente não contar. Vamos nos atrasar por querer mais de nós dois.

Fica mais um pouco e me deixa fazer parte da sua história. Quero o seu dia-a-dia na minha rotina e seu colo pra dormir. Quero nossos assuntos em pauta e nossa falta fazendo companhia. Eu quero mais que solidão a dois e inseguranças tristes para preencher cotidiano. Mais que sorrisos inconvincentes e quase amizades convenientes. Eu quero menos. Menos pensamento, menos dúvida. Um equilíbrio e você de brinde.

Vamos nos atrasar, deixar o mundo acontecer do outro lado da porta enquanto a gente discute desenhos animados na cozinha e faz comida para o jantar. Esqueça a música alta, esqueça as pessoas e seus cumprimentos tediosos, é sábado, deixa pra lá. Tudo o que a gente precisa está aqui. Tem eu, tem você, tem uma madrugada inteira de nós dois. E isso é tudo.

.

21 de jul de 2011

Simplesmente complicado


Não deveríamos nos importar tanto assim com o que sentir. Aquela coisa de não criar expectativas por medo de se arrepender depois. Chega uma hora que isso cansa. Então percebemos que finalmente chegamos ao nosso limite e que certos tipos de sentimentos se prolongam por mais que a gente queira evitar. Percebemos que estávamos tão acostumados a fugir desses sentimentos que passamos a fazer isto de forma involuntária. Inconscientemente. E de repente em uma manhã qualquer acordamos com essa vontade louca de sentir aquela dorzinha no peito. Aquela que não nos deixa dormir e que dura tempo suficiente pra não deixar que a gente esqueça que ela existe. Tá longe de ser simples.

.

20 de jul de 2011

Amaremos


Mesmo que o mundo se acabe,
E a morte aqui nos separe.
Em outra vida nos encontraremos
E outra vez amaremos.

Barrerito
.

19 de jul de 2011

Entre sins e nãos

Eu acredito que é importante a gente aprender a dizer não. Toda a minha vida eu disse sim. Sim, eu faço. Sim, eu cuido. Sim, eu assumo. Sim, eu me rendo. Sim, eu aceito essa pizza. Sim, eu levo. Sim, eu busco. E isso só me fez mal. Já fui usada, já fui traída, já fui negada, já fui rejeitada, já fui humilhada. Já fui um pouco de tudo.

Ninguém tem o direito de invadir a nossa vida. Apontar o dedo na nossa cara. Dizer o que devemos fazer. Pedir coisas, exigir outras tantas. Ninguém pode nos dominar, nos possuir, nos esgotar. É injusto. Mas a justiça, ou melhor, o senso de justiça, o quero-ou-não-quero quem define somos nós.

O amor vai até onde a gente aguenta. Até onde o nosso sim resiste e permite. Hoje eu não aceito muitas coisas. Digo não no trabalho, digo não na família, digo não na amizade, digo não no amor. E não sou mais ou menos legal por isso. E não amo mais ou menos por isso. A gente tem que estar bem certo daquilo que quer ou não quer. Do que faz bem ou não faz. Antes, eu preferia ver o outro bem do que ficar bem. Agora eu quero pensar nas coisas que realmente me fazem bem.

Hoje eu quero estar rodeada de sins. Mesmo que pra isso eu precise dizer muitos nãos.

.

18 de jul de 2011

Me deixa ser egoísta...

Me deixa fazer você entender que eu gosto de mim e quero ser preservada. Me deixa de fora de suas mentiras e dessa conversa fiada. Eu sou uma espécie quase em extinção: eu acredito nas pessoas. E eu quase acredito em você. Não precisa gostar de mim se não quiser. Mas não me faça acreditar que é amor, caso seja apenas derivado. Não me diga nada. (Ou me diga tudo). Não me olhe assim, você diz tanta coisa com um olhar. E olhar mente, eu sei! E eu sei por que aprendi. Também sei mentir das formas mais perversas e doces possíveis. (Sabia?) Mas meu coração está rouco agora. GRAVE! Você percebe? Escuta só como ele bate. O tumtumtum não é mais o mesmo. Não quero dizer que o tempo passou, que você passou, que a ilusão acabou, apesar de tudo ser um pouco verdade. O problema não é esse. Eu não me contento com pouco. (Não mais). Eu tenho muito dentro de mim e não estou a fim de dar sem receber nada em troca. Essa coisa bonita de dar sem receber funciona muito bem em rezas, histórias de santos e demais evoluídos do planeta. Mas eu não moro em igreja, não sou santa, não evoluí até esse ponto e só vou te dar se você me der também.



Aut. Fernanda Mello
.

15 de jul de 2011

Eu quero falar de amizade!


O sentimento mais nobre que existe.
Não dá trabalho cuidar da amizade,
porque não exige esforço ser amigo de alguém,
só requer sinceridade e receptividade.

Amizade é quando nos sentimos seguros,
sabendo que temos alguém em quem podemos
confiar por inteiro, sem nenhuma desconfiança.

É quando nos dispomos a ouvir segredos,
e a dar a nossa opinião, sem que o outro se magoe
com a nossa sinceridade.

Amizade é algo que muitos tentam definir,
mas faltam adjetivos, eu diria que é um amor
mais lapidado, esse que sentimos pelos nossos amigos.

Amizade é ter a certeza que podemos falar
com os amigos sobre nossas conquistas,
e eles ficarão felizes e nunca com inveja!

Amizade é um barco seguro, navegando em águas calmas,
é a certeza de sermos importantes e de termos para os
amigos um grande valor...

Amizade...É o que mais tenho a oferecer,
e recebo em troca com igual sinceridade...

Porque ter amigos, é saber que qualquer problema
ficará menor, se tivermos com quem dividí-lo...

.

13 de jul de 2011

A necessidade do pra sempre

  Eu gostava muito de você. Era tão bonito, era tão intenso. Acreditava no pra sempre. Imaginei uma casa, uma família, uma coisa só nossa. Um esconderijo, um refúgio, um paraíso. Cada vez que eu pensava em você me dava um calorzinho no peito. Cada vez que abraçava você o mundo parava de rodar por um segundo. E eu achava que aquilo era amor, achava que aquilo era o certo, achava que a gente era certo um na vida do outro. Mas não foi. Não fui. Não fomos. Não somos.
  Você foi para um lado. Eu para o outro. Não chegamos nem perto do sempre. Mas teve graça e valeu muito à pena. Valeu, sim. Não fracassamos, claro que não. Deu certo até onde tinha que dar. Foi eterno até o dia que deixou de ser. Não ficou nenhuma mágoa, nenhuma vontade, nenhuma saudade.
  O que importa é a forma como a gente viveu e vive um sentimento. Não importa que nome ele tenha. Não importa se é um amor, um estar apaixonado, um gostar. O que importa é querer que aconteça. O que importa é querer que seja bom. Não importa se vai durar um dia ou uma vida inteira.

(Todo mundo quer que seja pra sempre, mas se não for o futuro vai dizer. Se não for o amanhã nos manda um recado. Mas pra saber só vivendo e se entregando como se ele, o famoso amanhã, não existisse.)


Não tão complicada de mais, mas nem tão simples assim...

Eu mesma.
Sou estranha, impulsiva, irônica, fria e bastante esquisita, uma hora repugno e outra hora já gosto. Às vezes mudo de opinião muito rápido e não acho isso errado, acho isso bom, mostra que tenho personalidade e que não tenho medo de mudar só para parecer mais autentica, acho ridículo as pessoas estarem erradas e continuarem a bater na mesma tecla e não ouvir os outros, essas pessoas “donas da razão”, faço nem questão, ignoro. Não sou muito de falar sobre mim, não gosto muito, prefiro ouvir as pessoas e delas saber um pouco mais, adoro dar conselhos, só esqueço-me de usá-los para mim. De mim poucos sabem, esses são os privilegiados, os que já estavam ou entraram na minha vida e permanecerão, sem prazo de validade. Tem pessoas que não gosto de cara, por um simples gesto ou palavra, não gosto de pessoas que se acham ter um “rei na barriga”, pessoas sem conteúdo, pessoas chatas. Não sou a melhor pessoa do mundo e nem pretendo, ainda mais se for só para agradar alguém, sou chata quando devo, ignorante com quem merece e bruta com quem não merece meu respeito. Tenho uma tatuagem que odeio, meu cabelo não é do tamanho que quero, nem da cor que desejo. Meu guarda roupas não tem nada, procuro, procuro e nada acho e resolvo em casa ficar. Saio com minhas amigas para me divertir e me divirto até de mais e confesso que às vezes saio de mim, mas às vezes fico de canto com cara fechada por que as pessoas ou lugar não me agradaram e ninguém me agüenta. Às vezes fico bêbada e repetindo as coisas, bom isso é normal e chato também. Não gostava de forró até começar a dançar e prestar mais atenção nas letras do que na melodia, adoro rock, reggae, pagode, eletrônico, pop, música popular brasileira, bem diversificado né, sou assim, não gosto muito do ritmo do rap, a melodia para mim é tipo “chama confusão”, mas em casa eu até escuto, tem algumas que gosto mais pela letra do que pela melodia, mas se eu tiver na bagunça e rolar, não mando tirar, canto junto.
Enfim, sou assim, canto, choro, grito, dou gargalhadas, discuto... Sou normal.

“E quando você menos espera a vida te vira do avesso, e você descobre que o avesso é o seu lado certo.”

Aut. Loyanne Freire
.

11 de jul de 2011

As que não sabem aonde ir, qualquer lugar serve...


A noite acabou. Hoje tenho certeza do que é bom e o que não serve mais pra minha vida, uma pessoa me disse que não podemos nos arrepender do que fizemos porque não há como voltar uma coisa que já está feito, ele está certo, e não me arrependo de fato do que fiz seja ontem ou em toda minha vida, sei que tudo tem seu por que, e sei que ontem não foi só mais uma vez, foi onde decidi o que quero  pra mim e sem duvida não é aquilo! Ontem uma confirmação que tanto me intrigava apareceu e pior que não senti NADA, e se isso aconteceu é porque alguma coisa dentro de mim mudou. Vejo ao meu redor tantas pessoas legais, dispostas a se entregarem, a fazer outras pessoas felizes e elas estão tão próximas de mim e isso acaba me alegrando. Me faz acreditar novamente que elas ainda existem, basta você olhar para o lado. Não posso reclamar do meu presente, pois apesar dos apesares, eu estou feliz do jeito que estou. Feliz pelas pessoas que estão próximas de mim. E as que não estão? E porque não deveriam estar mesmo!

.