__________________________________Direitos autorais: Autorizada reprodução dos textos, desde que citada a fonte.

29 de jul de 2011

Garota de olhos tristes


Fechar os olhos se tornou
Um atalho para chegar até você.
Enquanto enxergo sua alegria e tranqüilidade
Eu percebo o que ninguém vê.

Garota de olhos tristes e sorriso aberto,
Não ouse sentir o que não te faz bem.
Que quando você derrama uma singela lagrima...
Inevitável que eu chore também.

Então você aparece e me surpreende.
Como eu devo agir?
Mas no final da noite você vai embora,
E quando você for o que vai ser guardado em mim...

Garota de olhos tristes e sorriso aberto,
Não ouse sentir o que não te faz bem.
Que quando você derrama uma singela lagrima...
Inevitável que eu chore também.

Aut. Jéssica Cardoso
.

27 de jul de 2011

Coisas que eu odeio em você

Odeio o jeito que você fala comigo,
Odeio quando você me ignora,
Odeio quando finge que eu não existo,
Odeio perceber que pra você eu não sou nada,
Odeio mais ainda ter esperanças que um dia isso vai mudar,
Odeio imaginar o que você ta fazendo,
Odeio ficar esperando por você e você não aparecer,
Odeio te olhar e te ver me olhando,
Odeio saber que você sem querer, muda toda a minha vida,
Odeio tanto quando você me faz chorar,
Odeio ficar com raiva e dois minutos depois esquecer,
Odeio não poder te ter por perto,
Odeio sua mania de ser amigo de todas as menininhas,
Odeio as suas promessas não compridas,
Odeio esperar sua ligação e você não me ligar,
Odeio pensar em você a todo instante,
Odeio todos os beijos que não são os seus,
Odeio todos os abraços que não são os seus,
Odeio saber que você pode ser de qualquer uma menos meu,
Odeio não conseguir resistir a você,
Odeio quando você fala que eu sou linda,
Odeio não controlar as batidas do meu coração quando você esta por perto,
Odeio não conseguir levar mais ninguém a serio,
Odeio comparar todos com você e descobrir que você é incomparável,
Odeio quando você me faz chorar, e mais ainda quando você me faz rir,
Odeio pensar em você quando sei que você nem se lembra de mim,
Odeio mais ainda não conseguir te odiar, nem sequer por um momento, nem sequer por um instante. 

Eu odeio te amar!

Aut. Desconhecido
.

26 de jul de 2011

Gosto

de ter com quem compartilhar a vida, as inseguranças, as coisas boas e os problemas cotidianos. Gosto de ter alguém para dar o coração. Gosto de ter alguém que nunca faça com que eu me sinta boba ou burra. Gosto de ter alguém que me respeite. Gosto de emprestar o colo e fazer cafuné. Gosto de levar café na cama. Gosto de dançar junto no meio da sala, com o janelão da sacada aberto e a música invadindo outros apartamentos. Gosto do gosto dele. E do jeito que ele me olha. Gosto do jeito que ele cabe em mim, da forma como eu me encaixo nele.

O que sempre importou (e vai importar) para mim é a lembrança, o cuidado, o carinho, o gesto. O resto é o resto.

24 de jul de 2011

...

John: E porque você não me ligou ao invés de ter mandado uma carta, avisando que ia me deixar, para eu pelo menos tentar te convencer a não fazer isso?

Savannah: Porque só de ouvir a sua voz eu já mudaria de idéia.


Querido John
.

22 de jul de 2011

Vamos nos atrasar...

Por causa da chuva, por causa da preguiça. Sem culpa. Tem um mundo todo de gente lá fora que pouco importa. O carro bem poderia ter quebrado, ninguém vai saber se a gente não contar. Vamos nos atrasar por querer mais de nós dois.

Fica mais um pouco e me deixa fazer parte da sua história. Quero o seu dia-a-dia na minha rotina e seu colo pra dormir. Quero nossos assuntos em pauta e nossa falta fazendo companhia. Eu quero mais que solidão a dois e inseguranças tristes para preencher cotidiano. Mais que sorrisos inconvincentes e quase amizades convenientes. Eu quero menos. Menos pensamento, menos dúvida. Um equilíbrio e você de brinde.

Vamos nos atrasar, deixar o mundo acontecer do outro lado da porta enquanto a gente discute desenhos animados na cozinha e faz comida para o jantar. Esqueça a música alta, esqueça as pessoas e seus cumprimentos tediosos, é sábado, deixa pra lá. Tudo o que a gente precisa está aqui. Tem eu, tem você, tem uma madrugada inteira de nós dois. E isso é tudo.

.

21 de jul de 2011

Simplesmente complicado


Não deveríamos nos importar tanto assim com o que sentir. Aquela coisa de não criar expectativas por medo de se arrepender depois. Chega uma hora que isso cansa. Então percebemos que finalmente chegamos ao nosso limite e que certos tipos de sentimentos se prolongam por mais que a gente queira evitar. Percebemos que estávamos tão acostumados a fugir desses sentimentos que passamos a fazer isto de forma involuntária. Inconscientemente. E de repente em uma manhã qualquer acordamos com essa vontade louca de sentir aquela dorzinha no peito. Aquela que não nos deixa dormir e que dura tempo suficiente pra não deixar que a gente esqueça que ela existe. Tá longe de ser simples.

.

20 de jul de 2011

Amaremos


Mesmo que o mundo se acabe,
E a morte aqui nos separe.
Em outra vida nos encontraremos
E outra vez amaremos.

Barrerito
.

19 de jul de 2011

Entre sins e nãos

Eu acredito que é importante a gente aprender a dizer não. Toda a minha vida eu disse sim. Sim, eu faço. Sim, eu cuido. Sim, eu assumo. Sim, eu me rendo. Sim, eu aceito essa pizza. Sim, eu levo. Sim, eu busco. E isso só me fez mal. Já fui usada, já fui traída, já fui negada, já fui rejeitada, já fui humilhada. Já fui um pouco de tudo.

Ninguém tem o direito de invadir a nossa vida. Apontar o dedo na nossa cara. Dizer o que devemos fazer. Pedir coisas, exigir outras tantas. Ninguém pode nos dominar, nos possuir, nos esgotar. É injusto. Mas a justiça, ou melhor, o senso de justiça, o quero-ou-não-quero quem define somos nós.

O amor vai até onde a gente aguenta. Até onde o nosso sim resiste e permite. Hoje eu não aceito muitas coisas. Digo não no trabalho, digo não na família, digo não na amizade, digo não no amor. E não sou mais ou menos legal por isso. E não amo mais ou menos por isso. A gente tem que estar bem certo daquilo que quer ou não quer. Do que faz bem ou não faz. Antes, eu preferia ver o outro bem do que ficar bem. Agora eu quero pensar nas coisas que realmente me fazem bem.

Hoje eu quero estar rodeada de sins. Mesmo que pra isso eu precise dizer muitos nãos.

.

18 de jul de 2011

Me deixa ser egoísta...

Me deixa fazer você entender que eu gosto de mim e quero ser preservada. Me deixa de fora de suas mentiras e dessa conversa fiada. Eu sou uma espécie quase em extinção: eu acredito nas pessoas. E eu quase acredito em você. Não precisa gostar de mim se não quiser. Mas não me faça acreditar que é amor, caso seja apenas derivado. Não me diga nada. (Ou me diga tudo). Não me olhe assim, você diz tanta coisa com um olhar. E olhar mente, eu sei! E eu sei por que aprendi. Também sei mentir das formas mais perversas e doces possíveis. (Sabia?) Mas meu coração está rouco agora. GRAVE! Você percebe? Escuta só como ele bate. O tumtumtum não é mais o mesmo. Não quero dizer que o tempo passou, que você passou, que a ilusão acabou, apesar de tudo ser um pouco verdade. O problema não é esse. Eu não me contento com pouco. (Não mais). Eu tenho muito dentro de mim e não estou a fim de dar sem receber nada em troca. Essa coisa bonita de dar sem receber funciona muito bem em rezas, histórias de santos e demais evoluídos do planeta. Mas eu não moro em igreja, não sou santa, não evoluí até esse ponto e só vou te dar se você me der também.



Aut. Fernanda Mello
.

15 de jul de 2011

Eu quero falar de amizade!


O sentimento mais nobre que existe.
Não dá trabalho cuidar da amizade,
porque não exige esforço ser amigo de alguém,
só requer sinceridade e receptividade.

Amizade é quando nos sentimos seguros,
sabendo que temos alguém em quem podemos
confiar por inteiro, sem nenhuma desconfiança.

É quando nos dispomos a ouvir segredos,
e a dar a nossa opinião, sem que o outro se magoe
com a nossa sinceridade.

Amizade é algo que muitos tentam definir,
mas faltam adjetivos, eu diria que é um amor
mais lapidado, esse que sentimos pelos nossos amigos.

Amizade é ter a certeza que podemos falar
com os amigos sobre nossas conquistas,
e eles ficarão felizes e nunca com inveja!

Amizade é um barco seguro, navegando em águas calmas,
é a certeza de sermos importantes e de termos para os
amigos um grande valor...

Amizade...É o que mais tenho a oferecer,
e recebo em troca com igual sinceridade...

Porque ter amigos, é saber que qualquer problema
ficará menor, se tivermos com quem dividí-lo...

.

13 de jul de 2011

A necessidade do pra sempre

  Eu gostava muito de você. Era tão bonito, era tão intenso. Acreditava no pra sempre. Imaginei uma casa, uma família, uma coisa só nossa. Um esconderijo, um refúgio, um paraíso. Cada vez que eu pensava em você me dava um calorzinho no peito. Cada vez que abraçava você o mundo parava de rodar por um segundo. E eu achava que aquilo era amor, achava que aquilo era o certo, achava que a gente era certo um na vida do outro. Mas não foi. Não fui. Não fomos. Não somos.
  Você foi para um lado. Eu para o outro. Não chegamos nem perto do sempre. Mas teve graça e valeu muito à pena. Valeu, sim. Não fracassamos, claro que não. Deu certo até onde tinha que dar. Foi eterno até o dia que deixou de ser. Não ficou nenhuma mágoa, nenhuma vontade, nenhuma saudade.
  O que importa é a forma como a gente viveu e vive um sentimento. Não importa que nome ele tenha. Não importa se é um amor, um estar apaixonado, um gostar. O que importa é querer que aconteça. O que importa é querer que seja bom. Não importa se vai durar um dia ou uma vida inteira.

(Todo mundo quer que seja pra sempre, mas se não for o futuro vai dizer. Se não for o amanhã nos manda um recado. Mas pra saber só vivendo e se entregando como se ele, o famoso amanhã, não existisse.)


Não tão complicada de mais, mas nem tão simples assim...

Eu mesma.
Sou estranha, impulsiva, irônica, fria e bastante esquisita, uma hora repugno e outra hora já gosto. Às vezes mudo de opinião muito rápido e não acho isso errado, acho isso bom, mostra que tenho personalidade e que não tenho medo de mudar só para parecer mais autentica, acho ridículo as pessoas estarem erradas e continuarem a bater na mesma tecla e não ouvir os outros, essas pessoas “donas da razão”, faço nem questão, ignoro. Não sou muito de falar sobre mim, não gosto muito, prefiro ouvir as pessoas e delas saber um pouco mais, adoro dar conselhos, só esqueço-me de usá-los para mim. De mim poucos sabem, esses são os privilegiados, os que já estavam ou entraram na minha vida e permanecerão, sem prazo de validade. Tem pessoas que não gosto de cara, por um simples gesto ou palavra, não gosto de pessoas que se acham ter um “rei na barriga”, pessoas sem conteúdo, pessoas chatas. Não sou a melhor pessoa do mundo e nem pretendo, ainda mais se for só para agradar alguém, sou chata quando devo, ignorante com quem merece e bruta com quem não merece meu respeito. Tenho uma tatuagem que odeio, meu cabelo não é do tamanho que quero, nem da cor que desejo. Meu guarda roupas não tem nada, procuro, procuro e nada acho e resolvo em casa ficar. Saio com minhas amigas para me divertir e me divirto até de mais e confesso que às vezes saio de mim, mas às vezes fico de canto com cara fechada por que as pessoas ou lugar não me agradaram e ninguém me agüenta. Às vezes fico bêbada e repetindo as coisas, bom isso é normal e chato também. Não gostava de forró até começar a dançar e prestar mais atenção nas letras do que na melodia, adoro rock, reggae, pagode, eletrônico, pop, música popular brasileira, bem diversificado né, sou assim, não gosto muito do ritmo do rap, a melodia para mim é tipo “chama confusão”, mas em casa eu até escuto, tem algumas que gosto mais pela letra do que pela melodia, mas se eu tiver na bagunça e rolar, não mando tirar, canto junto.
Enfim, sou assim, canto, choro, grito, dou gargalhadas, discuto... Sou normal.

“E quando você menos espera a vida te vira do avesso, e você descobre que o avesso é o seu lado certo.”

Aut. Loyanne Freire
.

11 de jul de 2011

As que não sabem aonde ir, qualquer lugar serve...


A noite acabou. Hoje tenho certeza do que é bom e o que não serve mais pra minha vida, uma pessoa me disse que não podemos nos arrepender do que fizemos porque não há como voltar uma coisa que já está feito, ele está certo, e não me arrependo de fato do que fiz seja ontem ou em toda minha vida, sei que tudo tem seu por que, e sei que ontem não foi só mais uma vez, foi onde decidi o que quero  pra mim e sem duvida não é aquilo! Ontem uma confirmação que tanto me intrigava apareceu e pior que não senti NADA, e se isso aconteceu é porque alguma coisa dentro de mim mudou. Vejo ao meu redor tantas pessoas legais, dispostas a se entregarem, a fazer outras pessoas felizes e elas estão tão próximas de mim e isso acaba me alegrando. Me faz acreditar novamente que elas ainda existem, basta você olhar para o lado. Não posso reclamar do meu presente, pois apesar dos apesares, eu estou feliz do jeito que estou. Feliz pelas pessoas que estão próximas de mim. E as que não estão? E porque não deveriam estar mesmo!

.

9 de jul de 2011

8 de jul de 2011

Estarei aqui

Recebi noticias suas e como sempre, nada parece ter mudado desde a última vez que nos vimos, continua se perdendo sem perceber, errando achando estar certo, entrando em um mundo que acha ter saída.
Não quero julgá-lo, não é pecado errar, mas ferir as pessoas com suas atitudes sim.
Eu nunca sai de sua vida, você saiu da minha e nunca mais voltou, agradeço pelas noticias. Ainda me preocupo e me assusto quando de você sei. Tenho esperado noticias boas, mas parece que elas não virão, por isso tenho me preparado para o pior.
Sinto falta de nossa amizade, de nossas conversas, brincadeiras. Desculpa se te magoei, se o feri com minhas palavras, não era minha intenção, mas eu não ia te iludir com mentiras, eu não podia. Disse o que você precisava ouvir só me esqueci do quanto à verdade dói nas pessoas.
Continuo a mesma pessoa, mesmo humor, mesmas palhaçadas... Sentindo falta me procure. Ainda estarei aqui.

Aut. Loyanne Freire
.

7 de jul de 2011

Se um homem te quer...


Ele demonstra. Se um homem te quer ele não vai ter medo de te apresentar para os amigos. Se um homem te quer ele não vai ter receio de ir na sua casa no domingo à tarde, quando toda a sua família está reunida na sala vendo o Faustão. Se um homem te quer ele vai assistir filmes de mulherzinha. Ele vai saber a marca de absorvente que você usa. Ele vai entender que a TPM deixa as mulheres malucas. E ele vai cuidar para não te deixar mais maluca ainda. Se um homem te quer ele te ouve. E te consola. E te dá apoio. E te dá conselho. Se um homem te quer ele não vai esquecer das coisas que são importantes para você. Se um homem te quer ele vai saber que você prefere Coca a Pepsi. Se um homem te quer ele vai entender que o seu não é sim. E que às vezes você é atrapalhada e fala o que não deve. Se um homem te quer ele não vai arrumar desculpas para não te ver. Se um homem te quer ele sabe exatamente o que te magoa. Se um homem te quer não vai te magoar de propósito. Se um homem te quer vai gostar de andar de mãos dadas, corpo colado, peito encostado. Se um homem te quer ele não vai mentir, enganar ou ferir. Se um homem te quer não tem ex que atrapalhe, não tem filho do primeiro casamento que separe, não tem amigo que afaste, não tem família que não goste.
Se um homem te quer ele nunca vai fazer você se sentir um lixo de mulher.

6 de jul de 2011

É tão simples


  Você tem todo o direito de não gostar de mim. Pode me achar chata, pode me achar feia, pode não ir com a minha cara, pode não gostar da minha voz. Eu respeito a sua opinião, mas quero que você me respeite também.
  Não gosto de todo mundo. Tem gente que não simpatizo. E essa gente nem me fez nada. Não sou falsa, por isso não fico forçando sorrisos, mas trato com educação e respeito. É por isso que espero o mesmo: não sou grosseira com você, não seja grosseiro comigo. E assim a gente vive bem e fica cada um na sua sem nada em comum.
  Não peço que me amem, não peço que me adorem, só peço que me respeitem. Sempre tive opinião forte sobre as coisas. Eu tenho direito de manifestar o que eu penso, você também.


.

5 de jul de 2011

E um dia tudo isso muda


Em minha cama deitada, fones de ouvido no maximo. Sem muita paciência para o mundo exterior e com muita preguiça para frases prontas, feitas... preguiça das mesmas vozes me dizendo que é uma fase, que logo passa e que o futuro me reserva algo melhor. Já ouvi tanto isso, já disse tanto isso...
Não me agrada muito tanta esperança depositada em mim, é como se eu fosse pressionada a fazer tudo certo... e quando dá errado é como se eu decepcionasse a todos que acreditaram e confiaram em mim.
Estava tão confiante, achando-me tão capaz. Como pode um minuto ter mudado tudo isso? Decepcionada comigo, frustrada.
Amanhã será outro dia, o sentimento de derrota não terá passado, mas continuarei de pé, de queixo erguido.

Continuarei tentando. (yn)

Aut. Loyanne Freire
.

4 de jul de 2011

Como um livro


Há quem me interprete pela capa. Há quem me ame apenas por ela. Há quem viaje em mim. Há quem viaje comigo. Há quem não me entende. Há quem nunca tentou. Há quem sempre quis ler-me. Há quem nunca se interessou. Há quem leu e não gostou. Há quem leu e se apaixonou. Há quem apenas busca em mim palavras de consolo. Há quem só perceba teoria e objetividade. Mas, tal como um livro, sempre trago algo de bom em mim.

Aut. Desconhecido
.

3 de jul de 2011

Sonhos...

Quero transar com beijo na boca profundo, olhos nos olhos, eu te amo e muita sacanagem, quero cineminha com encosto de ombro cheiroso, casar de branco, ser carregada no colo, filhos, casinha no campo com cerquinha branca, cachorro e caseiro bacana. Quero ouvir Chet Baker numa noite chuvosa e ter de um lado um livrinho na cabeceira da cama e do outro o homem que amo. Quero sambão com churrasco e as famílias reunidas. Quero ter certeza, ali no fundo da alma dele, de que ele me ama. Quero que ele saia correndo quando meu peito amargurado precisar de riso. Que ele esqueça, de vez em quando, seu lado egoísta, e lembre-se do meu. Que a gente brigue de ciúmes, porque ciúme faz parte da paixão, e que faça as pazes rapidamente, porque paz faz parte do amor. Quero ser lembrada em horários malucos, todos os horários, pra sempre. Quero ser criança, mulher, homem, et, megera, maluca e, ainda assim, olhada com total reconhecimento de território. Quero sexo na escada e alguns hematomas e depois descanso numa cama nossa e pura. Quero foto brega na sala, com duas crianças enfeitando nossa moldura. Quero o sobrenome dele, o suor dele, a alma dele, o dinheiro dele (brincadeira...). Que ele me ame como a minha mãe, que seja mais forte que o meu pai, que seja a família que escolhi pra sempre. Quero que ele passe a mão na minha cabeça quando eu for sincera em minhas desculpas e que ele me ignore quando eu tentar enrolá-lo em minhas maldades. Quero que ele me torne uma pessoa melhor, que faça sexo como ninguém, que invente novas posições, que me faça comer peixe apimentado sem medo, respeite meus enjôos de sensibilidade, minhas esquisitices depressivas e morra de rir com meu senso de humor arrogante. Que seja lindo de uma beleza que me encha de tesão e que tenha um beijo que não desgaste com a rotina.

Aut. Tati Bernardi
.