__________________________________Direitos autorais: Autorizada reprodução dos textos, desde que citada a fonte.

30 de jun de 2011

Amigo

Te ensina como funciona o futebol e todas as regras e mesmo você nada entendendo, escuta. Adora fazer você pagar mico. Bate na sua cabeça e no mesmo segundo te abraça. Pede sua ajuda quando quer conquistar alguma menina. Vive zuando você sobre seus sentimentos e se acha imune de paixão, mas quando o destino apronta pra ele e ele acha estar apaixonado é a você que ele recorre. Chama de idiota o carinha que você gosta. Faz apostas com você e na maioria você perde, mas ele não te força a cumprir com o acordo, mas quando ao contrario, ele sempre cumpre com o prometido. Ele faz você rir toda hora até quando te chama de burra, lerda, idiota... Ele adora tirar fotos com você, fazendo aquelas caretas horríveis que só ele sabe fazer. Ele passa a conhecer cada detalhe de você, sabe tudo olhando nos seus olhos, mesmo que você diga “não é nada”, ele sabe que tem algo de errado. Ele tá sempre do seu lado te apoiando, te cuidando, te protegendo. E só ele tem aquele abraço que de tão forte chega a doer, mas que é o melhor.

Aut. Loyanne Freire
.

Sobre humores ácidos

"Admiro muito quem tem bom humor o dia inteirinho. Não consigo, não é de mim. Uma pequena coisa se transforma em catástrofe no meu dia. Deve ser porque eu tenho expectativas demais, espero demais de mim e dos outros. E me frustro, te frustro, nos frustro. Meu humor é ácido. Sou irônica, perco a paciência e o interesse em gente que não entende ironias, afinal, não entender ironias é a coisa mais broxante que existe. Tem gente que não gosta desse meu lado. Na verdade, tem gente que não gosta de nenhum lado meu. E agora eu estou entendendo que não tenho obrigação de ser quem todo mundo espera que eu seja. Já dá trabalho ser eu mesma, imagina ser a pessoa que você quer?"

.

29 de jun de 2011

A nossa liberdade é o que nos prende

(...)
Claro que gosto, eu amo você.
É meu amigo, meu irmão, meu caso de amor proibido, meu amante escolhido, meu cúmplice, meu homem, meu menino...
(...)
Não é que eu não demonstre, só não quero me perder e nem te perder. Por isso mantenho esse amor trancado, escondido e bem guardado. É um amor que não pode ser visto e nem tocado por outro alguém... Quando se grita a felicidade que se tem, vem alguém e tudo destrói e esse risco eu não quero, não posso correr.
(...)
Eu não preciso te procurar, todos os caminhos já têm me levado até você. Você me visita em meus sonhos, mesmo ausente eu te tenho.
(...)
Sim. Eu quero... Queria-te ontem, semana passada, mês passado e não o tive... Eu não vou te procurar. Nem sempre podemos ter o que queremos, mas assim como hoje ainda nos encontraremos. Guardarei em mim nosso último beijo até o próximo reencontro.
(...)
É um amor diferente, daqueles que não há lógica nos livros.

“Te tenho com a certeza de que você pode ir, te amo com a certeza de que irá voltar.” ♫

Aut. Loyanne Freire
.

Não envelheço a espera do teu amor


No começo era aceitável, gostava de você e de tudo o mais que vinha de você. Admirava o conjunto e a harmonia que em você eu via... Estava cega.
Tudo muda, as pessoas mudam, o mundo gira. E que bom isso acontece. Depois de um tempo aprendemos a ver que nem tudo é do jeito que sonhamos, do jeito que queremos, o mundo não gira aos seus pés, muito menos aos meus. E é nesse momento que passamos a enxergar o quanto crescemos, sejam por dificuldades, tristezas, alegrias, desilusões, vitorias... Eu cresci!
Brincou comigo, me fez prisioneira, te entreguei meus sentimentos... Você foi embora e sozinha aqui fiquei. Não vou negar que sem você aqui me enchendo foi estranho e bem chato... Mesmo tendo continuidade por outros meios de comunicação, mas nada igual com você aqui, perto de mim.
Você tem outro alguém agora... Às vezes parecia difícil e outras vezes mais fácil sem você aqui, como se pudesse passar. Mas você vinha, voltava a me atormentar, me ligava pra saber como estava pra dizer coisas que eu queria ouvir, mas que não podia acreditar.
Não posso continuar assim, não quero ser para você seu segundo livro preferido, aquele que você mantém na prateleira e nem faço mais questão de um dia ser o de cabeceira.

"Eu já tomei a decisão, não quero mais você."♪

Aut. Loyanne Freire
.

27 de jun de 2011

Você sabe que...


...pode não dar certo, sua mente te avisa de mil maneiras que você pode se machucar se continuar, mas seu coração ta lá sussurrando que esse é o caminho certo, e você vai acreditando que as coisas podem ser diferentes.

Aut. Desconhecido

Acorda Alice, você não está no País das Maravilhas!
.

Às vezes sou dia, às vezes sou nada...

Eu tô com saudades
Da nossa amizade
Do tempo em que a gente
Amava se ver
Eu não sou palavra
Eu não sou poema
Sou humana pequena
A se arrepender

Às vezes sou dia
Às vezes sou nada
Hoje lágrima caída
Choro pela madrugada
Às vezes sou fada
Às vezes faísca
Tô ligada na tomada
Numa noite mal dormida...

Paula Fernandes (Quero sim)

26 de jun de 2011

Lost


  A meia risada sem graça da morte por um amor tombado na nossa história única, inspira o choro do meu pássaro engaiolado.
Amar agora é sempre o humor de uma morte futura...

.

22 de jun de 2011

Sem fantasiar, sem achar...


Procuro incertezas em certezas, mentiras em verdades. Quando não é real procuro enxergar para recomeçar, para não me prender, para não me perder, mas desejo não parar tão cedo, “pois toda idade tem prazer e medo”.
Deixa rolar, deixa fluir...
Viver, viver e viver...
Quero abraçar o mundo, conhecer pessoas, rir, cantar, ser feliz...

“A vida se entrega a quem se solta.”

Aut. Loyanne Freire
.

Somente entre nós ficou


Realidade ou ficção? 
Vai que aconteceu. (...)
 Era noite, fazia frio. O lago refletia a luz do luar e as luzes da cidade ao seu redor. Havia músicas de diferentes estilos ao longe, as estrelas estavam enormes e brilhavam como nunca, como se pudessem ser tocadas... O céu dera o seu show essa noite.
Falar sobre meus pensamentos naquele momento foi tão fácil quanto o piscar de seus olhos, diferente de você que em forma de ação transmitiu os seus. Nossas bocas se calaram e num suave frenesi conversaram entre si. Não havia mais nada a ser dito, o silêncio já vinha sendo quebrado pelo balançar das águas que batiam contra as madeiras da ponte e pelo som de nossos beijos.
     Suas mãos geladas, minhas pernas tremulas. Ali deitados naquela ponte fria e úmida, suspensa sobre as águas que nos embalavam em um ritmo leve e calmo com sabor de paz e tranqüilidade. Já sentados, você me prendia em seus braços e abraços de pernas. Aninhava-me em seu colo, aquecendo nossos corpos.
     A ponte faltava pedaços e com nossas mãos entrelaçadas, você me conduziu ao meio do caminho. Não fomos até o fim... Eu tive medo.
(...) sob o nascer do sol, dançamos.

Aut. Loyanne Freire
.

21 de jun de 2011

Um ombro pra me encostar...


Não precisa se dispor a me ouvir,
Não se sinta na obrigação de me dar conselhos,
Não fique constrangido com o meu silêncio,
Só preciso do teu ombro para me encostar
Por algum tempo.

As palavras...
Elas virão no momento certo.

Obrigada por simplesmente estar aqui.

.

20 de jun de 2011

A vida nos provoca...

E agente nem percebe. Ela nos manda sinais e nem notamos. Andamos sobre as ruas e nem percebemos o que cada um carrega por dentro. Todos nós temos problemas a diferença é que alguns sabem disfarçar. E com o passar do tempo vamos percebendo, olhamos a nossa volta e enxergamos tudo o que perdemos. Mas também o que deixamos de ser para se tornar o que somos. Tudo na vida é conseqüência e nada é por acaso. Se estivermos no caminho errado é para chegar a um final certo. Nunca desista, não pense que está tudo acabado. Não se entregue, não fique parado. Tenha esperança, acreditar que é possível já é meio caminho andado. Tenha fé, Deus já te deixou tudo preparado.

.

Quero você


A esperança está nos meus sonhos,
E você está em meus planos.

Vou te esperar.

.

17 de jun de 2011

Afinidade

"Afinidade não é o mais brilhante, mas o mais sutil, delicado e penetrante dos sentimentos.
E o mais independente.
Quando há afinidade, qualquer reencontro retoma a relação, o diálogo, a conversa, o afeto no exato ponto em que foi interrompido.
Ter afinidade é muito raro.
É conversar no silêncio, tanto das possibilidades exercidas, quanto das impossibilidades vividas".
Artur da Távola
.

Não precisa mudar


Vou me adaptar ao seu jeito, seus costumes, seus defeitos, seu ciúme, suas caras...  Pra quê mudá-las?
Não precisa mudar, vou saber fazer o seu jogo, saber tudo do seu gosto, sem deixar nenhuma mágoa, sem cobrar nada.

Aut. Saulo Fernandes
. 

10 de jun de 2011

Medo


Quem nunca sentiu, não vive, não existe.
É isso o que sinto agora.
Fico repetindo a mim: Não quero, não posso.
Mas será que funciona?
Meus lábios sorriem involuntariamente.
Meus olhos brilham uma hora, lacrimejam outras.
Ficar esperando que tudo seja fácil...
Ninguém disse que seria fácil, mas também não disseram o quanto seria complicado.

Falo de tudo hoje.

  O entendimento quanto ao comportamento das pessoas me falta. Procuro não tentar entender, mesmo sendo quase que impossível. Acho que não devo esperar mudanças sem antes fazer por onde e por isso procuro sempre fazer minha parte, mas às vezes parece não adiantar.

  Acredito em predestinação, que eu que escolhi tudo isso o que vivi ontem, que vivo e viverei. E sendo assim procuro apenas viver, ignorar algumas coisas e não tentar achar explicação para tudo. Dando um pouco menos de importância para o ontem, vivendo intensamente o hoje, mas sem me esquecer que ainda tem o amanhã. Aquela frase feita de que o amanhã pode não chegar é bem variável, eu acredito, confio e ainda faço planos. Para mim existe sempre outro dia, mas não vou negar que já usei essa frase.

  Queria ser um pouco mais corajosa, falar sem medo do que poderei ouvir depois, sem medo de conseqüências. Queria me preocupar um pouco menos com as pessoas e pensar mais em mim, talvez treinar um pouco mais a palavra não, sem ser egoísta ou malvada, e me permitir um pouco mais.
(...)

PS: Titulo metafórico. Que fique subentendido...

Aut. Loyanne Freire
.

7 de jun de 2011

Uma criança feliz

  Sorria meu amor e então eu estarei feliz, olhe para as estrelas e enxergue o brilho que nunca se comparará com o seu. Abrace-me e eu ficarei satisfeita, pergunte o que aconteceu comigo eu lhe direi que a culpa é sua por não me fazer manter a raiva enquanto demonstra toda ingenuidade com seus risos altos e verdadeiros, olhe para mim com esse seu olhar doce e então eu não precisarei de mais nada, só do amor que eu já possuo.
  Quando eu lhe digo que és a razão da minha vida, acredite, você é tudo de mais precioso que eu já tive, você é a razão de todos os meus risos, e dos instintos infantis que são despertados em mim, pois perto de você eu sou apenas uma criança feliz.
Mayara Domingos
.

4 de jun de 2011

Alguém...


Que vai te fazer rir contando piadas sem graça.
Que vai fazer planos com você para toda vida.
Que vai te entender mesmo quando nem você se entende.
Que vai te abraçar nos momentos bons e ruins de sua vida.
Que vai perceber algo errado sem nada você precisar dizer.
Que vai te fazer dormir fazendo cafuné.
Que vai estar te esperando chegar de algum lugar.
Que vai te pegar desprevenida com um longo beijo.
Que vai te encher de cócegas até ficar com dor no maxilar.
Que vai tirar seu sossego, te tirando a concentração em algo.
Que vai te cantar músicas em um inglês inexplicável.
Que vai te levar pra sair, comer, dançar, brincar.
Que vai te ligar logo depois que sair de sua casa.
Que vai te encher de mimos e carinhos.
Que vai fazer as mais surpreendentes declarações de amor.
Que vai estar presente mesmo estando longe.
Que vai estar ao teu lado sempre que precisar.

Aut. Loyanne Freire
.

3 de jun de 2011

Sou forte


Meio doce e meio ácida. Em alguns dias acho que sou fraca. E boba. Preciso de um lugar onde enfiar a cara pra esconder as lágrimas. Aí penso que não sou tão forte assim e começo a olhar pra mim. Sou forte sim, mas também choro. Sou gente. Sou humana. Sou manhosa. Sou assim. Quero que as coisas aconteçam já, logo, de uma vez. Quero que meus erros não me impeçam de continuar olhando para frente. E quero continuar errando, pois jamais serei perfeita (ainda bem!). Tampouco quero ser comum e normal. Quero ser simplesmente eu. Quero rir, sorrir e chorar. Sentir friozinho na barriga, nó no peito, tremedeira nas pernas. Sentir que as coisas funcionam e que tenho que trocar de jeito quando insisto em algo que não dá resultado. Quero aprender e, ainda assim, continuar criança. Ficar no sol e sentir o vento gelado no nariz. Quero sentir cheiro de grama cortada e café passado. Cheiro de chuva, de flor, cheiro de vida. Aprecio as coisas simples e quero continuar descomplicando o que parece complicado. Se der pra resolver, vamos lá! Se não dá, deixa pra lá. A vida não é complicada e nem difícil, tudo depende de como a gente encara e se impõe. Quero ser eu, com minha cara azeda e absurdamente açucarada. Não quero saber tudo e nem ser racional. Quero continuar mantendo o meu cérebro no lugar onde ele se encontra: meu coração. E essa é a melhor parte de mim.

.