__________________________________Direitos autorais: Autorizada reprodução dos textos, desde que citada a fonte.

22 de jun de 2011

Somente entre nós ficou


Realidade ou ficção? 
Vai que aconteceu. (...)
 Era noite, fazia frio. O lago refletia a luz do luar e as luzes da cidade ao seu redor. Havia músicas de diferentes estilos ao longe, as estrelas estavam enormes e brilhavam como nunca, como se pudessem ser tocadas... O céu dera o seu show essa noite.
Falar sobre meus pensamentos naquele momento foi tão fácil quanto o piscar de seus olhos, diferente de você que em forma de ação transmitiu os seus. Nossas bocas se calaram e num suave frenesi conversaram entre si. Não havia mais nada a ser dito, o silêncio já vinha sendo quebrado pelo balançar das águas que batiam contra as madeiras da ponte e pelo som de nossos beijos.
     Suas mãos geladas, minhas pernas tremulas. Ali deitados naquela ponte fria e úmida, suspensa sobre as águas que nos embalavam em um ritmo leve e calmo com sabor de paz e tranqüilidade. Já sentados, você me prendia em seus braços e abraços de pernas. Aninhava-me em seu colo, aquecendo nossos corpos.
     A ponte faltava pedaços e com nossas mãos entrelaçadas, você me conduziu ao meio do caminho. Não fomos até o fim... Eu tive medo.
(...) sob o nascer do sol, dançamos.

Aut. Loyanne Freire
.

3 comentários:

  1. Minha nossa senhora! Vou colocar até a santa no meio, ta lindo demais menina!

    ResponderExcluir
  2. liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiin do Loy *-*

    ResponderExcluir
  3. Essa menina tem dom pra escrever contos eróticos huahuaha muito detalhista, amOOO!

    ResponderExcluir