__________________________________Direitos autorais: Autorizada reprodução dos textos, desde que citada a fonte.

15 de mai de 2011

E volta a incomodar...




Pensei estar morto e enterrado.
Talvez esteja e tenha vindo apenas me atormentar...
Lembranças... Apenas.

A razão e a emoção juntas.
Parece sempre tão perigoso.
Dá medo e assusta.

A vida com emoção é maravilhosa,
Mas seguir a razão chega a ser mais sensato.

Venho tentando tudo consertar.
Mas essa cabeça parece não querer independência.
Insiste em tudo pedir opinião ao coração.

Esse coração não sabe o que faz.
Cheio de amores e idéias atrapalhadas.
Apenas querendo me ver feliz.


Aut. Loyanne Freire
.

Um comentário:

  1. Oi Nanny,
    eterna dualidade entre coração e cabeça, amor e razão. No final, tudo se torna parte de um mesmo todo.
    Adorei o poema, parabéns!
    Abç e uma ótima semana para você!

    ResponderExcluir